ÁREA CIENTÍFICA AVM
PERIODICIDADE Semestral
SEMESTRES 6º semestre
HORAS TOTAIS 224
HORAS DE CONTACTO 90
TIPOLOGIA Teórico-Prática
ECTS 8


Resumo

Entender e contextualizar a comunicação multimédia e a produção multimédia na sociedade digital, como base para o desenvolvimento de competências de base para a realização de um projeto multimédia, nas suas diversas fases. Consolidação de conhecimentos que permitam a produção de projetos multimédia equilibrados no que respeita à
articulação entre as componentes técnica, conceitual e artística.

Objetivos da aprendizagem

Articular e integrar as competências e conhecimentos de base das unidades curriculares anteriores na área da multimédia;
Conhecer os princípios básicos da comunicação multimédia, produção multimédia e alterações introduzidas nas suas dinâmicas pela era digital;
Consolidar competências para a produção de aplicações, conteúdos e serviços multimédia;
Compreender as estratégias de distribuição, manutenção e apoio a projetos multimédia;
Desenvolver aptidões que permitam planear, conceptualizar, desenvolver, prototipar, avaliar e implementar um projeto multimédia;
Conhecer técnicas e ferramentas fundamentais existentes nos softwares referência no mercado que permitem a produção e pós­produção de projetos multimédia.

Conteúdos programáticos

Exploração dos conceitos de comunicação multimédia, design de interação, aplicações multimédia, tecnologias interativas e informação digital;
Caracterização dos sistemas multimédia;
Introdução aos processos de produção multimédia em projetos com elementos áudio, visuais, dinâmicos e interativos;
Identificação de media estáticos e media dinâmicos, composições a articulações;
Desenvolvimento de projetos multimédia com apoio nas ferramentas digitais introduzidas nas UCs anteriores na área da multimédia e com os softwares de produção e pós­produção, como Adobe After Effects.

Metodologia de ensino

Sendo uma UC lecionada no final do curso, onde se pretende a integração competências desenvolvidas nos semestres anteriores, a metodologia de ensino promove a autonomia dos estudantes através da maior dimensão de experimentação prática, face aos conteúdos teóricos novos introduzidos pelo docente.
A componente de ensino é realizada através de sessões de exposição de informação pelo docente com suporte a apresentações multimédia com conteúdos teóricos, visionamento e análise de casos de estudo, exemplos de projetos práticos e apresentação de algumas técnicas através de softwares de referência.
A componente prática de aprendizagem é realizada através do desenvolvimento de projetos de produção multimédia com recurso a softwares de referência, de forma a implementar os conteúdos planeados e alcançar os objetivos de aprendizagem.

Método de Avaliação

A avaliação é contínua, individual e assenta na qualidade e no alcance dos objetivos definidos para cada um dos trabalhos práticos e na participação dos estudantes.

Bibliografia

ADOBE Inc. (2015). Adobe After Effects. (Recuperado de https://helpx.adobe.com/pdf/after_effects_reference.pdf).
­AAVV (2008). Stereographics: graphics in new dimensions. Hong Kong: Victionary.
­Costello, V., Youngblood, S. e Youngblood, N. (2012). Multimedia Foundations: Core Concepts for Digital Design. Oxon: Focal Press.
­Drate, S. (2010). VFX Artistry: a visual tour of how the studios create their magic. Amsterdam: Elsevier.
­Maxon Co. (2015). Cinema 4D R17 Quickstart Manual. (Recuperado de http://http.maxon.net/pub/r17/doc/Quickstart_CINEMA_4D_R17_EN.pdf)
­Monet, D. (1996). O Multimédia. Lisboa: Instituto Piaget.
­Preece, J. et. al., (2011), Interaction Design: Beyond Human­Computer Interaction. Whiley & Sons
­Ribeiro, N. (2012), Multimédia e Tecnologias Interactivas. 5ª Ed. Lisboa:FCA.
­Vaughan, T. (2014). Multimedia: Making It Work. New York: McGraw­Hill Education.