Código
AM16

Unidade Curricular
Anatomia e Ergonomia

Área Científica
DSG

Periodicidade
Semestral

Semestre
3º semestre

Horas Totais
84

Horas de Contato
36

Tipologia
Teórico-Prática

ECTS
3


Objetivos de Aprendizagem
Conhecer a anatomia humana, nomeadamente ao nível do sistema músculo-esquelético, no âmbito da arte;
Aprofundar o conhecimento sobre a figura humana e a sua representação plástica;
Conhecer as dimensões e proporções humanas;
Conhecer os conceitos, princípios e metodologias da ergonomia;
Compreender a percepção de ser e estar no mundo relacionando os sentidos proprioceptivos e exteroceptivos na sua indissociabilidade;
Saber relacionar entre si todos os elementos estruturantes à ergonomia e à criatividade.

Conteúdos Programáticos
Anatomia artística. Morfologia geral do corpo humano;
Antropometria. Estudo das dimensões e proporções do corpo humano, desde criança até à idade adulta. Os cânones de proporções ao longo dos tempos;
Sistema musculo-esquelético, suas parte e articulações;
Aprofundar a representação da figura humana (articulando com a UC de Desenho).
Ergonomia. História, conceitos e metodologias;
Diversas dimensões da ergonomia: física, cognitiva, organizacional, visual, sonora; sobre a interação do indivíduo com o computador, nomeadamente na utilização de interfaces digitais;
Analisar posturas e movimentos corporais;
Analisar factores físicos e psicológicos do ambiente que moldam o espaço de trabalho, nomeadamente os equipamentos;

Metodologia de Ensino
As aulas teóricas são ministradas com vista a despertar no estudante capacidades perceptivas, críticas, argumentativas e criativas. Neste sentido, são incentivados os questionamentos e diálogos, durante a aula.
Recorrer-se-á a aulas expositivas apoiadas em leituras de artigos, apresentação de filmes e exercícios introduzidos periodicamente com execução de exercícios, questionamento e discussão das matérias.

Método de Avaliação
A avaliação será realizada ao longo do semestre, pelos trabalhos apresentados, pela assiduidade nas aulas e capacidade de intervenção pertinente.
A nota final será calculada e ponderada por média através da média razoável das variáveis apresentadas, contando a assiduidade e evolução dos projetos como marcador determinante.

Bibliografia
Castillo, J.J. e Villena, J. (2005). Ergonomia: Conceito e métodos. Lisboa: Dinalivro.
Dreyfuss, H. e Tilley, A. (2002). The Measure of Man and Woman: Human Factors in Design. (1º Edição 1960). New York: Wiley and Sons.
Panero, J. e Zelnik, M. (2002). Dimensionamento humano para espaços interiores: um livro de consulta e referência para projectos. Barcelona: Gustavo Gili.
Rebelo, F.S. (2004). Ergonomia no dia a dia. Edições Sílabo, Lisboa.
Simblet, S. (2001). Anatomy for the Artist. London: Dorling Kindersly.
Szunyoghy, A. (2000). Anatomia Humana para Artistas. Barcelona: Könemann.
The BioDigital Human 3D platform: https://human.biodigital.com/index.html