Código
AM15

Unidade Curricular
Linguagens e Escritas Virtuais

Área Científica
ART

Periodicidade
Semestral

Semestre
3º semestre

Horas Totais
84

Horas de Contato
36

Tipologia
Teórica

ECTS
3


Objetivos de Aprendizagem
Compreender o processo evolutivo da escrita;
Identificar vários tipos de linguagens;
Compreender diferenças e complementaridades entre o real e o virtual: realidade virtual ou virtualidade real;
Identificar e analisar formas de escrita e linguagem dos processos info-comunicacionais nas comunidades virtuais.

Conteúdos Programáticos
História e evolução da escrita, do arcaico ao digital;
Tipos de linguagem, novas linguagens virtuais, linguagens visuais dinâmicas e música electrónica;
O mundo virtual/digital como complemento, substituição ou extensão do real;
Ciberespaço, cibercultura e cibernativos;
As novas narrativas do hipertexto, multimédia e hipermédia;
Estilos textuais dos ambientes virtuais: redes sociais, websites, blogues, correio electrónico.

Metodologia de Ensino
Esta é uma UC com uma forte incidência em conhecimentos de base para o desenvolvimento de conceitos, realidades e interpretações dos mesmos.
A metodologia de ensino promove assim um equilíbrio entre o ensino pelo docente, através da exposição e explicação realizada através de sessões de exposição de informação com suporte a apresentações multimédia, promovendo a participação ativa dos alunos na interpretação e discussão de conteúdos.
A componente de aprendizagem é realizada através do desenvolvimento de exercícios de reflexão e pesquisa de informação e pela apresentação de interpretações subjetivas corroboradas ou contrapostas em literatura existente, por forma a consolidar de forma ativamente e com êxito os objetivos propostos.

Método de Avaliação
A avaliação é contínua, individual e em grupo e assenta na demonstração da assimilação de conteúdos teóricos, através da realização e apresentação de trabalhos teóricos (realização e apresentação de trabalhos de pesquisa).

Bibliografia
Manovich. L. (2001). The language of new media. Massachussets: MIT Press.
Gomes, N. (2008). Língua portuguesa no século XXI: um olhar preliminar para a escrita na era da internet. Cadernos do Cnlf, 12, (04) (Recuperado: http://www.filologia.org.br/xiicnlf/04/07.pdf).
Macedo, T. (2011). O livro como suporte da escrita: evolução e tendências atuais. Brasília: Universidade de Brasília (Recuperado: http://bdm.unb.br/bitstream/10483/2570/1/2011_ThiagoSilvaMacedo.pdf).
Queiroz, R. (2009). A informação escrita: do manuscrito ao texto virtual. In Atas do IX Encontro Nacional de Ensino e Pesquisa em Informação, Salvador da Baia: (Recuperado: http://www.cinform-anteriores.ufba.br/vi_anais/docs/RitaQueiroz.pdf)
Parisi, T. (2015). Learning Virtual Reality: Developing Immersive Experiences and Applications for Desktop, Web, and Mobile. New York: O’Reilly Media.
Lévy, P. (1999)Cibercultura. São Paulo: Unesp.