Código
AM09

Unidade Curricular
Metodologia e Planificação Artística

Área Científica
AVM

Periodicidade
Semestral

Semestre
2º semestre

Horas Totais
140

Horas de Contato
72

Tipologia
Teórico-Prática

ECTS
5


Objetivos de Aprendizagem
Adquirir conhecimentos a respeito da particularidade dos métodos de investigação artística;
Identificar e interligar as diferentes fases da planificação, preparação, do projeto artístico, para a sua realização;
Compreender a estrutura e fomentar a apresentação da planificação (de um projeto no âmbito artístico) de forma detalhada;
Desenvolver propostas que reúnam todos os requisitos vinculados aos projetos artísticos.

Conteúdos Programáticos
Metodologias teórico-práticas de pesquisa/investigação e de planificação artística;
Definições de projeto artístico;
Fases para a planificação e gestão de um projeto;
Desenvolvimento de temáticas e processos criativos;
Objetivos gerais e específicos de uma planificação;
Processos, materiais, técnicas e tecnologias, abordagens e estratégias conceptuais;
Planeamento, memória descritiva e justificativa;
Apresentação e seleção de propostas;
Planificação para execução de um projeto selecionado.

Metodologia de Ensino
Esta unidade curricular, de 2º semestre, onde os objetivos de aprendizagem e os conteúdos programáticos exigem uma grande interação com as competências anteriores dos estudantes e com as restantes UCs práticas. A metodologia de ensino promove um equilíbrio entre o ensino pelo docente e a aprendizagem do estudante, articulada com essas competências práticas transversais.
A componente de ensino é realizada através de sessões de exposição de informação pelo docente com suporte a apresentações multimédia e através da demostração de metodologias específicas.
A componente de aprendizagem é realizada através da realização prática de planificações, delimitando as suas fases e elementos fundamentais que possa permitir a sua execução, e aplicar assim os conteúdos teóricos assimilados, permitindo alcançar os objetivos propostos para a UC.

Método de Avaliação
A avaliação é contínua e assenta no registo de conhecimentos concretos e na sua aplicação prática (teste de avaliação, trabalhos de grupo e apresentações).

Bibliografia
Costa, D.F. (2014). Atelier – Coleção Retratos da Fundação. Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos.
Debord, Guy (2012). A sociedade do espectáculo. Lisboa: Antígona.
Ferreira, A. (2014). Creative Processes in Art: Proceedings of the International Colloquium. Lisboa: FBAUL.
Guimarães J., Neves T. (2013). A comunidade dança? Reflexão sobre projectos de intervenção artística em contextos rurais. In Educação, Sociedade e Cultura, n.º 40. Pp 147-163. ( Recuperado em http://www.fpce.up.pt/ciie/sites/default/files/ESC40_J_Guimaraes_T_Neves.pdf )
Molina, A., Santos, I., Rattes, P. Almeida T., Santos V. (Org.) (2013). Guia FUNCEB – Elaboração e realização de propostas culturais. Brasil: Secretaria da Cultura. (Recuperado em http://www.fundacaocultural.ba.gov.br/wp-content/uploads/2013/03/guia-funceb-web.pdf).
Santo, M. (1989). Fontes remotas da cultura portuguesa. Lisboa: Assírio & Alvim.