Código
A34

Unidade Curricular
Construções

Área Científica
TEC

Periodicidade
Semestral

Semestre
6º semestre

Horas Totais
112

Horas de Contato
60

Tipologia
Teórico-Prática

ECTS
4


Resumo
Desenvolvimento de processos e técnicas atuais de construção de edifícios, respetiva caracterização tectónica ao nível dos materiais e demais elementos e componentes da edificação, como execução de alvenarias, revestimentos de pavimentos, paredes e tetos, carpintarias, serralharias, envidraçados, pinturas, Consolidação de procedimentos para a estruturação de soluções construtivas adequadas às diversas circunstâncias do projeto de arquitetura e ajustadas aos múltiplos condicionalismos da obra. Sistematização dos distintos níveis de informação e escalas próprias da pormenorização e do detalhe.

Objetivos de Aprendizagem
Domínio de materiais e técnicas de construção do interior de edifícios, pavimentos, paredes, tetos, caixilharias, esquadrias interiores. Evolução das técnicas e materiais utilizados na construção destes elementos, bem como o seu desempenho térmico e acústico. Sensibilizar o discente para a necessidade do estudo dos materiais a utilizar, nomeadamente quando à durabilidade, resistência mecânica, resistência ao fogo, compatibilidade química, compatibilidade de deformação. Assimilar as condições técnicas de aplicação dos diversos materiais e elementos construtivos. Incutir no estudante uma estratégia de abordagem face à diversidade de soluções construtivas e materiais existentes no mercado. Desenvolver competências para aplicação dos conhecimentos adquiridos nos projetos de execução dos edifícios.

Conteúdos Programáticos
Paredes interiores: materiais e técnicas de construção; ligação com paredes exteriores, pavimentos e tetos. Revestimentos. Pavimentos: materiais e técnicas de construção de pavimentos; impermeabilização, barreiras de vapor e isolamento térmico em pavimentos térreos; isolamento térmico e acústico em pavimentos intermédios. Revestimentos. Tetos: materiais e técnicas de construção; isolamento térmico e acústico. Revestimentos. Caixilharias: materiais e técnicas de construção; caixilharias metálicas, de PVC e de madeira; preenchimento de vãos de caixilharias (vidro, acrílico, etc.); mapas de vãos e pormenorização. Esquadrias: materiais e técnicas de construção; esquadrias metálicas e de madeira; mapas de vãos e pormenorização. Caderno de encargos: características técnicas dos materiais e elementos; condições de aplicação. Quantificação de trabalhos e estimativas orçamentais: mapas de medições e mapas de quantidades; métodos de obtenção de estimativas orçamentais.

Metodologia de Ensino
A aprendizagem assenta num quadro metodológico teórico-prático com duas componentes distintas – uma apoiada em conhecimentos consubstanciados em sessões teóricas; outra em que o ensino assenta na experimentação prática de problemáticas elencadas em projeto de execução e respetivos detalhes. Os métodos de ensino complementam-se com visitas de estudo exploratórias a edifícios e visitas técnicas estruturadas a obras em construção. O docente é responsável pela apresentação teórica, com recurso a meios audiovisuais, dos principais eixos orientadores dos procedimentos a adotar no desenvolvimento da pormenorização a ensaiar em trabalhos práticos elaborados pelos estudantes. A metodologia promove uma aprendizagem progressiva, mas com orientação técnica direcionada por parte do docente, solicitando que os estudantes fundamentem a resolução de exercícios sobre a tectónica da edificação.

Método de Avaliação
O docente afere, aula a aula, o envolvimento e compromisso do estudante com a UC, verificando a progressão da aprendizagem e os níveis de aquisição de conhecimentos que os estudantes revelam na resolução de exercícios práticos sobre pormenorização arquitetónica. A prossecução da avaliação implica o desenvolvimento e entrega de um trabalho para aplicação direta dos conhecimentos adquiridos sobre detalhes construtivos. Um outro elemento de avaliação é a realização de um teste escrito de aferição de conhecimentos. Cada momento de avaliação é acompanhado por enunciado que enquadra as questões e o âmbito das problemáticas a dar resposta.

Bibliografia
BLACKBURN, Graham [199-]. Pavimentos, paredes e tetos. Mem Martins : CETOP. Cota BDC: 692 / B 562 p.
BOEMINGHAUS, Dieter (1985). Pavimentos y límites urbanos : caminos, calles, plazas, zonas públicas, peatonales y de tráfico rodado = pavimentos e limites urbanos : caminhos, ruas, praças, zonas públicas, zonas reservadas a piões ou de trânsito rodado. Barcelona : Gustavo Gili. Cota BDC: 692 / B 656 p.
HENRIQUES, Fernando M. A. (2001). Humidade em paredes. Lisboa : LNEC. Cota BDC: 699.82 / H 449 h.
LABORATORIO NACIONAL DE ENGENHARIA CIVIL (1988). Paredes de edifícios. Lisboa : LNEC. Cota BDC: 692.2 / P 249.
MEDINA GALLEGO, Gonzalo [200-?]. Paredes de edifícios. [Madrid] : AITIM. Cota BDC: 692.5 / M 443 m.