Código
A20

Unidade Curricular
Desenho IV

Área Científica
DPA

Periodicidade
Semestral

Semestre
4º semestre

Horas Totais
112

Horas de Contato
60

Tipologia
Teórico-Prática

ECTS
4


Resumo
Desenvolvimento de abordagens gráficas de registo e síntese de espaços exteriores em tecidos edificados, aprofundando técnicas e processos que estruturem a análise, comparação, descrição, explicação e representação de ambientes, contextos e envolventes da cidade e da paisagem. Consolidação do desenho de rua na apreensão de problemáticas relativas à tipologia e à morfologia de elementos urbanos, percursos e ruas, largos e praças, desenhando vivências, apropriações, séries de imagens, sequências de escalas e contrastes espaciais entre o interior e o exterior.

Objetivos de Aprendizagem
Apreender estratégias de desenho relativas a escalas maiores, como os conjuntos edificados e a cidade, articulando pontos notáveis, níveis de legibilidade, circulações e percursos. Sintetizar, de forma combinatória, o objeto, a figura humana, os espaços arquitetónicos e urbanos, registando graficamente a interação, o movimento e os distintos níveis de fluxos e nexos de vivências. Enquadrar o contributo das tecnologias digitais de desenho em articulação com registos analógicos, hibridizando procedimentos e técnicas, reconhecendo o respetivo papel específico. Explorar o uso do desenho como instrumento de trabalho no projeto arquitetónico, revelando, através do processo criativo ancorado na exploração gráfica, o significado de arquitetura. Operacionalizar e materializarar os diferentes abordagens gráficas apreendidas na experimentação, desenvolvimento, representação e comunicação do projeto de arquitetura.

Conteúdos Programáticos
Representação de tecidos edificados. Articulação entre o desenho esquemático e a representação figurativa. O desenho de rua. Os percursos na cidade. As praças e os largos. Os elementos de referência. Caracterização morfo-tipológica de tecidos edificados. A interação humana nos espaços urbanos. A visão serial. Aplicação do desenho no projeto arquitetónico. Ferramentas digitais de desenho. Sínteses gráficas entre o analógico e o digital.

Metodologia de Ensino
A aprendizagem organiza-se a partir de lógicas que promovem a relação próxima entre o docente e os estudantes no que se refere ao acompanhamento dos respetivos percursos formativos. Os conhecimentos consubstanciam-se a partir de aulas práticas nas quais se experimentam graficamente e se ensaiam técnicas de desenho de exteriores, com sessões de exposição teórica conduzidas pelo docente, nas quais a participação dos estudantes é determinante para a reflexão alargada sobre estratégias e conceitos avançados de desenho de rua. Gradua-se o nível de complexidade dos espaços exteriores a abordar, articulando a relação sensitiva entre homem, espaço, cidade e paisagem. As metodologias de ensino partem do geral para o particular, do intuitivo para o racional, do exploratório para o estruturado, recorrendo não só a ferramentas analógicas mas também a tecnologias digitais. O ensino é preparado de modo a que os estudantes desenvolvam uma perspetiva crítica sobre o trabalho que vão concretizando, ocorrendo apresentações individuais dos estudantes à turma.

Método de Avaliação
O método de avaliação é contínuo, em que o docente afere, aula a aula, o envolvimento e compromisso do estudante para com a UC, verificando a progressão da aprendizagem – podendo registar, sessão a sessão, os níveis de aquisição de conhecimentos que os estudantes vão revelando no aprofundamento dos seus desenhos. Os exercícios são avaliados em três momentos definidos e devidamente acompanhados por enunciado, que enquadra as problemáticas a dar resposta. Os momentos de avaliação contemplam a entrega, por parte dos estudantes, de uma síntese dos exercícios práticos elaborados correspondentes aos conteúdos previstos. A apresentação individual de trabalhos selecionados integra os métodos de avaliação e ocorre em datas estabelecidas para o efeito.

Bibliografia
CARNEIRO, Alberto (1995). Campo, sujeito e representação no ensino e na prática do desenho/ Projeto. Porto : FAUP. ISBN 972-9483-12-4. Cota BDC: 72.012 / C 287 c.
HILTON, Frank (1979). Dibujo geométrico en la construcción. México : Ediciones GG, AS. ISBN 968-6085-07-/6. Cota BDC: 744 / H 55 d.
MASSIRONI, M. (2000). Ver pelo desenho: aspetos técnicos, cognitivos, comunicativos. Lisboa: Edições 70. Cota BDC: 741 / M 371 v
NICOLAIDES, Kimon (1969). The natural way to draw : a working plan for art study. Boston : Hougton Mifflin. ISBN 0-395-08048-7. Cota BDC: 741 / N 542 n.
RAWSON, Philip (1990).Diseño. Madrid : Nerea. ISBN 84-86763-51-7. Cota BDC: 74 / R 213 d.