Código
A03
Unidade Curricular
Geometria

Área Científica
DPA

Periodicidade
Semestral

Semestre
1º semestre

Horas Totais
56

Horas de Contato
40

Tipologia
Teórico-Prática

ECTS
2


Resumo
Desenvolvimento de processos geométricos de representação espacial e de mecanismos geradores de formas através de técnicas e teorias de representação gráfica, estruturando geometricamente composições volumétricas, perspetivas, axonometrias e projeções diversas. Consolidação da capacidade para a análise geométrica a partir de abordagens assentes no desenho técnico e rigoroso, apreendendo e compreendendo a relação entre as formas arquitetónicas, o respetivo espaço e a sua representação ao longo da história.

Objetivos de Aprendizagem
Identificar, descrever e representar realidades tridimensionais simples e complexas. Selecionar ferramentas e métodos adequados de acordo com a natureza da realidade a representar. Reconhecer e aplicar métodos de representação específicos para a caracterização e conceção arquitetónica. Antecipar o resultado de operações básicas de transformação e articulação dos elementos formais arquitetónicos. Reconhecer relações tipo-morfológicas e suas implicações geométricas. Prever a relação da implantação e da volumetria do edifício com a incidência solar e a articulação com a topografia. Desenvolver a capacidade de comunicação expressiva da linguagem formal e do raciocínio espacial e construtivo.

Conteúdos Programáticos
Coordenadas no espaço e sistemas de projeção. Ponto, reta, plano, figuras e sólidos geométricos. Projeções ortogonais. Método de Monge. Sistemas de conversão e proporção dimensional. Sombras próprias e sombras projetadas. Axonometrias; Perspetivas; Geometria solar. Topologia estrutural. A geometria como instrumento de compreensão e análise da composição arquitetónica.

Metodologia de Ensino
A metodologia centra-se num sistema de transmissão de conhecimentos por via da explicação teórica, seguida de demonstração gráfica e sedimentação dos conhecimentos nos estudantes através de experimentação e realização de exercícios gráficos com aumento gradual de complexidade. É solicitado ao estudante a execução de dois tipos de exercícios: exercícios expeditos, executados no período de aula imediatamente seguinte à apresentação do tema pelo docente; trabalhos de desenvolvimento, a executar além do período letivo, para desenvolvimento e aprofundamento de problemas e temas enunciados nas aulas.

Método de Avaliação
O método de avaliação é contínuo, em que o docente afere, aula a aula, o envolvimento e compromisso do estudante para com a UC, verificando a progressão da aprendizagem – podendo registar, sessão a sessão, os níveis de aquisição de conhecimentos que os estudantes vão revelando no aprofundamento dos seus desenhos. Os exercícios a realizar ao longo do semestre são avaliados em três momentos previamente definidos e devidamente acompanhados pelo respetivo enunciado, que enquadra o âmbito e as problemáticas a dar resposta pelos estudantes. A avaliação realizada nos três momentos definidos corresponde aos trabalhos práticos solicitados e ao desempenho em aula dos estudantes. A classificação final é calculada por média ponderada de cada um dos trabalhos desenvolvidos.

Bibliografia
AUBERT, J. (1996). Axonométrie: théorie, art et pratique des perspectives parallèles: axanométrie orthogonale, axonométrie oblique, perspectives cavalière et militaire. Paris: La villette. Cota BDC: 742.3 / A 912 a
AUBERT, J. (1996). Cours de dessin d’architecture a partir de la geometrie descriptive: a l’usage des eleves de premiere annee des ecoles d’architecture. 4ème ed. Paris: La villette. Cota BDC: 72.012 / P 939 c
BENEVOLO, L. (1979). Diseño de la ciudad. México: Gustavo Gili. 5 vols. Cota BDC: 711.4 / B 413 d / V. 1 ao V. 5
COHEN, S. (2001). Contested symmetries: the architecture of Preston Scott Cohen. London: Laurence King. Cota BDC: 72.012 / P 939 c
CUNHA, L. (2008). Desenho técnico (14ª ed.). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. Cota BDC: 744 / C 977 d